segunda-feira, 23 de agosto de 2010

The Last Airbender (Avatar)



A princípio chamado de "Avatar", o filme "The Last Airbender" é uma adaptação do desenho que tem grande sucesso na TV. O enredo, conta a história de um garoto que vivia com os monges em templos no alto de montanhas conhecidos como "Templos da Tribo do Ar". Ao saber que era o escolhido para ser o "Avatar" - Mestre da dobra de todos os elementos: Água, Terra, Fogo e Ar. E responsável pela paz no mundo - Aang, como é conhecido em sua tribo,  fugiu assustado e com medo da responsabilidade. 100 anos se passaram e ele foi descoberto por dois irmãos da tribo da àgua, Sooka e Katara, em uma grande esfera congelada. Ao libertarem o garoto, os irmãos descobrem sua verdadeira identidade de Avatar, e mostram a ele tudo o que aconteceu no mundo enquanto estava desaparecido e que inclusive, Aang é o último dobrador de Ar que restou, pois a Nação do Fogo teria eliminado do mapa, todo e qualquer descendente de dobradores de ar que existisse. Daí, se inicia a grande aventura desses três personagens, para trazer de volta a paz ao mundo.

É....

A história é ótima, tem uma riqueza ímpar de personagens, possui um pouco de mistério, comédia e ainda envolve o romance. Toda ela, se passa ao longo de três etapas chamadas: Livro da Àgua ¹, Livro da Terra ² e Livro do Fogo ³. Cada etapa tem entre 20 e 23 episódios com duração de pouco mais que 25min cada.

Mas como já aconteceu algumas vezes com outras adaptações de livros para filmes, me senti frustrado também com este. Fui à estréia do filme no cinema com ótimas expectativas para o que ia ver, mas quando sentei-me na cadeira e o filme começou, logo me desanimei. Perto de terminar o filme, eu já estava querendo ir embora.
Não estou querendo dizer que o filme em sí é ruim, não. O que estou querendo dizer, é que foi feita uma péssima adaptação da história. É como se você dormisse sem saber quem era, e quando acordasse, soubesse até como resolver os problemas do mundo. E infelizmente, é o que acontece no filme. A história foi completamente atropelada para que o filme pudesse acabar em pouco mais de uma hora.
Em determinado momento, Aang estava dobrando uma gota de àgua, e 10min depois, ele movia um oceano, e mais 10min depois, o filme acaba.
É como se os roteiristas tivessem ficado com medo de fazer um filme descente, com tudo o que tem direito.

 A história é rica e tem uma infinidade de bons momentos, claro que não se pode colocar tudo em um filme, mas não precisava apagar 90% dela. Talvez quisessem só mostrar os efeitos visuais - Se não era isso, não sei  por qual outro motivo eles teriam destruído uma excelente história.

O filme é algo que deveria ser passado como "O Senhor dos Anéis". No qual a história não é atropelada e os roteiristas não têm medo de ultrapassar o tempo. É extensa, misteriosa e assim, consegue prender o espectador até o final, deixando-o com a vontade de logo voltar a sala de cinema pra ver a continuação.

E sinceramente, depois do que vi o que fizeram ao filme "The Last Airbender", não tenho nem um pingo de vontade de voltar ao cinema pra ver a continuação.

Claro que tenho que admitir. O filme tem uma fotografia ótima, uma riqueza gigantesca no figurino, na temática, nos efeitos sonoros e visuais. Se for levar em conta esse lado, eu digo que o filme é ótimo.

Porém se você procura uma história descente, que te deixe pregado em frente a tela do cinema com sede de ver a continuação... É, não indico o filme. Pois se és amante da história, melhor assistir o desenho.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário