quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

"The Public Eye Awards"

 O The Public Eye Awards é um prêmio ou diria uma humilhação pública criado e entregue pela ong Greenpeace para empresas que mais se destacaram no cenário mundial no ano em que se passou. Se destacou no sentido ruim da palavra, digo, aquelas que mais violaram os limites da natureza, ou que pouco se importaram com ela. O prêmio é entregue desde o ano 2000, quando teve seu primeiro evento online, e define a pior empresa do mundo.


O projeto consiste em uma medida simples de punição, mas que tem um impacto destruidor e humilhante sobre as empresas que concorrem ao prêmio. Entre as finalistas de 2012, temos, como já havia de se esperar, uma empresa Brasileira. Isso mesmo. O Brasil concorre ao tributo com a nossa querida Vale.

Lista das finalistas:

- FREEPORT: Setor - Mineração de ouro e cobre.
Por 45 anos a empresa explora a região de Papua Ocidental (Indonésia). Todos os dias, produz cerca de 230mil toneladas de rejeitos contaminados de com metal pesado, o que significa a contaminação de rios e reservas naturais em toda aquela área. Sem contar com a repressão, marginalização e expulsão violenta dos índios daquela região levando-os a viver em favelas, destruindo suas culturas e aumentando os índices de doenças e pobreza, com a falta de projetos de socialização.

- VALE: Setor - Mineração.
Quem se lembra da construção da Usina de Belo Monte? Poise, o reassentamento forçado de mais de 40mil pessoas, as condições de trabalho "desumanas" e toda a devastação causada na região amazônica por conta da construção da Usina, colocou a VALE entre as finalistas do The Public Eye Awards, e cá entre nós, torço muito por ela. Também "vale" frisar que em 2009 despejou cerca de 114milhões de metros cúbicos de efluentes industriais à base de óleo em oceanos e rios. Também conta com um currículo bem grande de ações judiciais contra ela  e mais uma centena de investigações criminais.
(Essa vai longe!)

- SYNGENTA: Setor: Agroquímico.
Apesar de ser proibido na Europa, a empresa comercializa substâncias químicas no Sul do globo, e milhares de produtores já morreram por conta do uso destes produto.

- SAMSUNG: Setor: Eletroeletrônicos.
Uma empresa bem famosa, não? É sim, mas pouca gente sabe da fama da mesma empresa sobre suas condições de trabalho. A empresa usa, em suas fábricas, substâncias altamente tóxicas e proibidas sem informar e proteger seus trabalhadores adequadamente. Resultado: Câncer.

- BARCLAYS: Setor: Bancário.
O gigante bancário e especulador mundial de alimentos que mais cresce, eleva o preço dos alimentos globais em detrimento dos mais pobres. Resultado: Força a população mais pobre a aceitar condições de trabalho exploradoras, aumenta a fome, e tira das famílias um dinheiro que poderia ser investido em educação e saúde.
(Uma forte concorrente).

- TEPCO: Setor: Energia.
A maior empresa de energia do Japão opera os reatores da Usina de Fukushima, mas é acusada da inobservância de cuidados essenciais para a segurança da população (mundial). A empresa tem ignorado o risco de catástrofes naturais, não cumprindo, assim, com as normas padrões de segurança e manutenção. Sem contar na falta de preparo para situações emergenciais.

Para quem gosta de chocolates da HERSHEYS, e abastece seus carros nos postos SHELL, saibam que estas empresas (entre outras - veja a lista aqui) também foram citadas, mas não chegaram a ficar entre as seis finalistas.

Ainda não votou? Dê sua contribuição, mostre que se importa com o planeta e que está de olho no que estas empresas fazem para obter lucro.  

                                                                      >>> VOTE <<<

O resultado sai no dia 27/01/2012 (nesta Sexta-Feira).

Em uma palavra: Vergonhoso.

Reações:

1 comentários:

  1. Poxa vida Arthur, eu não sabia desse evento que pune de maneira no mínimo "estilosa e educada" estas empresas que não estão nem aí com o mundo, o meio ambiente e as pessoas...
    Bem que os donos dessas empresas acham que não estarão aqui para verem a degradação do planeta, mas eles devem lembrar que seus filhos, netos, bisnetos, enfim, outros decendentes de suas famílias estarão, e não é só nós, meros mortais, que sofreremos com as consequências desde desacato com a vida, mas TODOS OS SERES VIVOS EXISTENTES NESSE PLANETA!
    Entretanto, os grandões, não se importam nem um pouco com isso. Como o ditado diz, "O que conta é o hoje, o agora. O amanhã, a gente pensa só amanhã", não é mesmo?
    Então meu querido, só nos resta lamentar e torçer para que Deus ilumine a mente deste povo e faça eles refletirem um pouco mais nas atitudes que estão tomando.
    E como sempre, o Brasil está entre os carrascos que mantam um bem maior em função de um bem menor! Realmente uma vergonha nacional! =(
    Adorei o post querido, beijão!

    ResponderExcluir